ALA DOS NAMORADOS

472 views

Nesta quadra de Santos Populares, Ala dos Namorados estreiam-se nas marchas! “Marcha Erasmus” é o novo tema da banda, com uma letra da autoria de Maria do Rosário Pedreira.

Com uma pitada de crítica à gentrificação da cidade de Lisboa, um tema que afecta os residentes desta e de tantas outras cidades de Portugal, “Marcha Erasmus” alude também ao bem-acolher típico dos Portugueses. Tudo um toque de humor, como se quer numa boa Marcha.

Sobre este poema, diz-nos Maria Rosário Pedreira que «Erasmus fala sobre os jovens estrangeiros que escolhem a nossa Lisboa para estudar. Mas é também a canção de uma cidade onde muitas casas antigas se tornaram alojamento temporário para os que vêm de fora e que, num abrir e fechar de olhos, se tornou altamente cosmopolita, levando os habitantes dos bairros a puxar da sua simpatia e dos seus talentos para receber os estrangeiros daquele jeitinho que só os portugueses sabem.»

João Gil partilha também a sua visão: «Portugal, por diversas e estimadas razões, coloca-se por estes dias, num dos destinos mais fascinantes a descobrir pelo Mundo. É a vez dos outros retribuírem os novos mundos por nós em tempo atribuídos. Estamos a ser descobertos. Este incessante processo de chegadas e partidas, incentivaram uma corrida ao novo ouro, o Alojamento Local. A chegada da jovem Dinamarquesa é o grande acontecimento.» e Nuno Guerreiro acrescenta, com entusiasmo, que esta Marcha é “super divertida, energética e não vai deixar ninguém indiferente. Tem um refrão orelhudo e fala de um tema que quando a gravámos, estávamos longe de imaginar que estaria tão na ordem do dia. O alojamento local! Bora lá mas é todos cantar e marchar!»

Marcha Erasmus” tem letra de Maria do Rosário Pedreira, música de João Gil e arranjos de Ruben Alves. A voz é de Nuno Guerreiro, os coros e guitarra de João Gil, piano e teclados de Ruben Alves, bateria e percussões de Alexandre Frazão, contrabaixo de Nelson Cascais e trompete de Luís Cunha. Foi masterizada por Carlos Vales e Guilherme Vales.

 

Fonte: ocolectivo.com

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar