“A SEVERA”, “PÁTIO DAS CANTIGAS” E “CANTIFLAS” SÃO OS FILMES ELEITOS PELOS SENIORES

182 views

Os clássicos continuam a ser os preferidos dos seniores das Residências ORPEA.
Para assinalar o dia do cinema, a 5 de novembro, os residentes recordam as suas personagens predilectas e os filmes que mais viram ao longo da sua vida.

Para além de uma forma de entretenimento, o cinema é também um meio para enriquecer o repertório sociocultural de uma pessoa. Um filme não proporciona apenas um momento de distração, mas também auxilia no desenvolvimento do pensamento crítico já que aborda diferentes temáticas sendo por isso uma atividade muito apreciada pelos profissionais das Residências ORPEA e claro, pelos seniores também. No âmbito do dia mundial do cinema perguntámos aos residentes de quatro centros quais eram os seus filmes predilectos e confirma-se: os clássicos continuam a ser os eleitos.

Os filmes “Pátio das Cantigas”, “A Severa”, “O Cantiflas”, “A Canção de Lisboa” e o “Titanic” foram os filmes mais referidos pelos residentes, seguidos dos filmes “E Tudo o Vento Levou”, “Aldeia da Roupa Branca”, “Capas Negras” e “Música no Coração”.

Dos vários pontos do país, chegaram-nos as preferências de quem já viu muitas histórias mas que guardou na memória as mais marcantes. Para os seniores da ResiSénior, em Braga, os filmes predilectos são: “Música no coração”, “Pátio das Cantigas”, “Titanic”, “O Silêncio dos Inocentes”, “Casa Blanca”, “A Vida é Bela” e os filmes que mais viram ao longo da vida foram: “Os Dez Mandamentos”, “Cantiflas”, “Canção de Lisboa”, “Sozinho em casa” e “Titanic”.

Já para os Residentes da Casa de Avioso, em Castêlo da Maia, as preferências recaem sobre: “Aldeia da Roupa Branca”, “Capas Negras”, “Canção de Lisboa”, “Pai Tirano” e “A Severa” e segundo a Diretora Técnica da Residência, Ana Sofia, “o filme mais visto e apreciado por todos é “Aldeia da Roupa Branca”, sendo ainda na atualidade um filme que gostam de rever”.

Na Flavicórdia, em Chaves, vários residentes recordam os filmes que marcaram a sua vida: “Love Story”, “Pedro o Vagabundo”, “A Severa”, “O Cantifulas” e “O Pátio das Cantigas”, segunda a Diretora Clínica, Susana Alves, sobre este último a opinião é unânime “o enredo do filme foi um ensinamento para a vida dos nossos residentes, é o filme mais pedido para ser revisto”.

Da Póvoa de Santa Iria, a partir da Residência Sénior Club, o “Titanic” foi o filme que mais vezes viram e com a história mais marcante para os residentes, contando para isso também a a introdução de vários efeitos especiais inexistentes nos clássicos. “E tudo o Vento Levou”, “O Filho de Deus” e filmes sobre a 2ª Guerra Mundial reunem também a preferência dos residentes do Sénior Club.

Quando falamos em envelhecimento ativo associamos sempre a atividade física, alimentação saudável e atividades cognitivas. No entanto, atividades culturais também são muito importantes para contribuir para um envelhecimento ativo. E, dentro das várias atividades culturais, podemos destacar a linguagem do cinema e do teatro que podem proporcionar aos seniores momentos de descontração mas também de discussão e de aquisição de conhecimentos.

SOBRE O GRUPO ORPEA (ORPEA.PT/): 
Fundado em 1989, o grupo ORPEA é um dos dois principais líderes mundiais no cuidado de seniores e/ou dependentes, com uma rede de 1.114 centros, com 111.801 camas e mais de 68.500 colaboradores em 23 países como Portugal, França, Espanha, Holanda, Irlanda, Bélgica, Luxemburgo, Alemanha, Suíça, Itália, Polónia, República Checa, Áustria, Eslovénia, Croácia, Letónia, Rússia, México, Colômbia, Brasil, Chile, Uruguai e China.
O grupo possui em Portugal 10 residências, 1 hospital e 1 clínica de reabilitação, distribuídos por todo o território nacional, com um total de 907 camas.
Implementaram a primeira UPAD – Unidade Protegida para Alzheimer e outras Demências em Portugal, na Residência ORPEA Viseu, um serviço adaptado às necessidades individuais dos doentes, com uma equipa de profissionais especializada no acompanhamento de pessoas com essas patologias. A Residência Flavicórdia, em Chaves, integra o Centro de Reabilitação Giesta (C.R.G.) nas suas instalações, especializado na recuperação de problemas neurológicos, cardiorrespiratórios e músculo-esqueléticos.

Fonte:mkapr.pt

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar