“A Minha Estrada” Thilo Krasmann nos anos 60

286 views

A 16 de Abril de 1933 nascia em Bremen, Alemanha, uma das figuras incontornáveis da música portuguesa do século XX e uma das mais queridas também, não só entre amigos e família, como entre colegas e colaboradores profissionais da Música e do Audiovisual.

O espírito empreendedor e inovador de Thilo Krasmann revolucionou o meio artístico português. Em 1962 fundou o Thilo’s Combo e o grupo assina contrato com a Valentim de Carvalho. Acompanhou, com o Thilo’s Combo, artistas tão diversos como Simone de Oliveira, Mara Abrantes, Max, Duo Ouro Negro, António Calvário, entre outros tantos.  Compôs e dirigiu para Revista. Orquestrou e dirigiu alguns dos maiores sucessos da música portuguesa dos anos 60 e 70 como ‘Começar de novo’, de Simone de Oliveira, fê-lo inclusivamente nos palcos dos Festivais da Canção e da Eurovisão.

Para assinalar esta data, convidámos João Carlos Callixto a preparar uma playlist para celebrar e dar a conhecer aquele que Raul Solnado intitulou de ‘pai da música portuguesa nova’.

«Apresentar o percurso riquíssimo do músico de origem alemã na nossa Música seria impossível em pouco mais de meia dúzia de temas. Resolvi assim debruçar-me sobre um período específico, a década de 60, em que surge em força, quer com o seu Thilo’s Combo quer como director de orquestra para gravações de inúmeros cantores. Este é assim o retrato da modernidade pop que “o bom gigante” imprimiu a tudo aquilo em que tocava, do rock à bossa nova, passando por tantos géneros mais – uma estrada bem particular e que transformou a Música Portuguesa até aos dias de hoje.»

João Carlos Callixto, Abril 2020

Playlist de João Carlos Callixto

 

Fonte: Valentim de Carvalh0

Ads

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar