A mão é que vê. E manda! – Pomar, oito décadas

2083 views

A mostra reúne cerca de 130 obras realizadas entre 1946 e 2017/18, “década a década, da inicial afirmação neo-realista até ao fim do caminho, mudando sempre o passo sem quebra de energia.  Nesta mostra, identificamos como fio condutor a expressão do erotismo” nas palavras de Alexandre Pomar.

Oito décadas de trabalho, efetuado em Paris e Lisboa, com uma dedicação total à criação visual e à escrita, são um horizonte raramente encontrada. Pomar nunca se prendeu a fórmulas ou receitas, investigando continuamente as diferentes linguagens plásticas, numa renovação constante dos seus interesses e assuntos.” afirma Mário Roque, proprietário da Galeria São Roque.

Na sua grande maioria inéditas, são obras que o pintor conservou para si, numa antologia continuada sem hiatos cronológicos e que inclui desenhos desde 1946, pinturas desde 1960, escultura e assemblages desde 1967.

De segunda a sábado, das 10h30 às 19h

artes
Até 17 janeiro 2024
São Roque Antiguidades e Galeria de Arte
Fonte: AgendaLx

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar