A Guerra no cinema (parte III) – Para além do Campo de Batalha

396 views

Nesta terceira parte do Ciclo que ao longo do ano dedicámos ao “filme de guerra” afastamo-nos justamente das convenções, e do “filme de guerra” como género normalmente identificado pelo relato de manobras estratégicas e militares, e ações no campo de batalha.

Reunimos assim um conjunto de filmes onde a guerra é o principal signo, mas não necessariamente o principal objeto. (…) É, finalmente, outra coisa que esta terceira parte do Ciclo (que se poderia estender infinitamente, pensando nas muitas centenas de filmes que aqui teriam cabimento) deixa como sugestão: que o cinema, talvez mais do que qualquer outra forma de arte, está condenado, quase “ontologicamente”, a ter uma relação profunda e de duplo sinal com a História, a ser gerado por ela no mesmo passo em que sobre ela fornece uma perspetiva. A guerra será o exemplo mais extremo, mas também por isso mais claro, das formas tomadas por essa obrigatória relação. Cinemateca Portuguesa

Programa integral aqui

 

cinema
2 novembro a 29 novembro 2023
Cinemateca Portuguesa – Museu do Cinema
Créditos fotografia:”Hiroshima Meu Amor” de Alain Resnais
Fonte: AgendaLx

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar