25 DE ABRIL DE 1974

932 views

Exposição de 50 outdoors com fotografias de Alfredo Cunha para visitar nas ruas da cidade da Amadora

‘Amadora, Cidade de Abril’

Da música à arte urbana, do cinema à poesia, a Câmara Municipal da Amadora preparou uma intensa programação para celebrar os 50 anos de democracia em Portugal e enaltecer a ‘Cidade que Nasceu de abril’.

Entre as várias iniciativas agendadas destaque para a Exposição 25 de abril de 1974, Quinta-feira de Alfredo Cunha (patente na Galeria Municipal Artur Bual até ao dia 23 de junho),  o descerramento de painel de azulejo de baixo-relevo da autoria de Alexandre Farto/ VHILS ‘Honrar quem trabalha’ (a partir de fotografias de Alfredo de Cunha) na fachada do edifício dos Paços do Concelho, a partir de meados de abril), a 35ª edição do prémio José Afonso‘A Poesia Sai à Rua’ (evento dedicado à poesia centrado na arte poética durante o período do Estado Novo), o espetáculo de dança “VOZ.”, do Quorum Ballet, com coreografia de Daniel Cardoso e música de Rodrigo Leão, o espetáculo ‘Os Portugueses’ de Rodrigo Leão e ainda a edição 2024 da Amadora BD (este ano dedicada aos personagens e autores cujos ideais e temáticas se cruzam com os da Revolução dos Cravos).

 

Amadora, a Cidade que nasceu de Abril

Construída pela classe trabalhadora, a Amadora foi a primeira cidade erguida Pós 25 de Abril.  Com um forte papel ativo na expressão e divulgação artística o Município desenvolve regularmente inúmeras atividades que promovem a inclusão e afirmam a sua diversidade no panorama artístico-cultural.

Fonte: ban.pt

 

Este site utiliza cookies para permitir uma melhor experiência por parte do utilizador. Ao navegar no site estará a consentir a sua utilização. Mais informação

Se não pretender usar cookies, por favor altere as definições do seu browser.

Fechar