Guta Moura Guedes – Os novos caminhos da ExperimentaDesign

64 views

“O design é uma metodologia de pensamento e de criação de respostas que, no meu entender, é das mais completas, por ser tão integradora.”

Quando, há 18 anos, Marco Sousa Santos e Guta Moura Guedes fundaram com o designer José Viana a Associação para a Cultura de Projecto, a Experimenta, Lisboa ainda não estava na moda e, em boa verdade, o design também não, pelo menos por cá. Também por isso, a ousadia de criar uma Bienal dedicada ao Design e à Arquitectura, interligando-as com as mais diversas manifestações culturais, foi imensa. Em 1999, o evento ocupou 59 espaços lisboetas, muitos deles abertos pela primeira vez ao público, e mobilizou designers, arquitectos, professores, estudantes e artistas das mais diversas vertentes. Com a Bienal EXD, Lisboa entrava no roteiro dos grandes eventos culturais mundiais.

Este ano, Guta Moura Guedes, o rosto da ExperimentaDesign, anunciou o fim da Bienal que trouxe a Portugal as estrelas maiores das constelações do Design e da Arquitectura: Achille Castiglioni, Philippe Starck, Frank Ghery, Marc Newson, Rem Koolhaas, Jasper Morrison. Mas não se pense que a Experimenta acaba aqui. Este é apenas o começo de um novo projecto, como nos contou Guta Moura Guedes no seu escritório do Chiado, sem levantar grandemente o véu sobre o futuro da Associação que muito antes de qualquer outra colocou Lisboa na moda.

Ler na íntegra aqui

Ads